Arminianismo x Calvinismo

domingo, agosto 04, 2013

Aqui vai um desabafo:
Cansei.
Cansei dessa história de "eu sou calvinista" ou "eu sou arminiano."
Não.
Eu não vou dizer nenhuma dessas frases.
Posso até concordar mais com as ideias de um ou de outro, mas prefiro não entrar nessa discussão.
Já vi amigos discutirem. Já tentaram me convencer de mil formas, mas a minha opinião, continua a mesma:
não sou um, nem outro.
Então você é o que?
Eu sou de Cristo.
E quando me perguntam sobre o assunto, eu cito:

"Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais?
Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes,
 e conforme o que o Senhor deu a cada um?" 

1 Coríntios 3:4-5
E não é assim?
Eu sou de Calvino. 
Eu sou de Arminius.
Quando o que realmente importa, é: eu sou de Cristo.

Quando o que realmente importa é que tem pessoas morrendo ao nosso redor e nós cristãos, perdemos tempo em discussões que, no fim das contas, não levam a lugar algum.

Ser Calvinista te salva?
Ser Arminiano te salva?

Não. 
A única coisa que te salva é o sangue precioso de Cristo derramado na cruz.

O mundo precisa de amor.
E não de Lei.

O mundo não precisa da sua teologia calvinista ou da sua teologia arminiana.
O mundo precisa do seu Deus.
Do meu Deus.

No tempo que eu passei servindo em Missões eu percebi que ninguém tá nem ai para isso.
Sinceramente.
Eu vi crianças sedentas por carinho.
Vi pessoas dentro de uma cadeia, sedentas por liberdade. Não a liberdade de suas vidas.
A liberdade de suas almas.
Vi jovens desesperados por atenção. 
Desesperados tentando se encaixar nesse mundo.
Vi mães chorarem por seus filhos.
Vi filhos em pecado. 
E tudo que eu vi e vivi mexeu demais comigo, a ponto de entender que no fim, o que realmente importa
é se eu vivi como Jesus.
No fim, o que importa é ser como Ele.

Sem teologias, sem denominações, sem placa de igreja, sem religião.

Simplesmente Ele.

"Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo."
1 Coríntios 3:11


Leia também:

9 Comentários

  1. Não dá para entender uma teologia de matriz judaica, numa perspectiva grega... é como comer açaí fora do pará...você come, mas não como como no original.

    ResponderExcluir
  2. Pati, tenho um carinho grande por vc, mas eu não posso concordar com esse texto.

    Em primeiro lugar, em 1Coríntios 1.12 sobra uma repreensãozinha de Paulo praqueles que dizem "Eu sou de Cristo".

    Eu entendo que vc quis colocar o amor acima das discussões teológicas, mas se ao longo da história não tivesse havido caras dispostos a discutir teologia (e morrer por isso), vc ainda estaria pagando indulgências e não teria sua Bíblia em português bonitinha pra ler na sua casa.
    Você não precisa rebaixar a teologia pra exaltar o amor. Não precisa rebaixar um ministério pra exaltar outro.

    Eu também não consigo me definir entre Calvinismo e Arminianismo, e isso realmente não é fundamental pra salvação (graças a Deus!). Não é fundamento da fé. Mas então não interessa? Só porque é difícil de compreender? Se eu não compreendo algo nas Escrituras, então eu ESTUDO e ORO por entendimento.
    A geração de cristãos ocidentais é extremamente folgada. Tem internet, livros, youtube, artigos, 1milhão de recursos... mas por preguiça, desprezam isso. E, fora de contexto, usam frases como essa sua pra justificar a preguiça: “A única coisa que te salva é o sangue precioso de Cristo derramado na cruz. O mundo precisa de amor. E não de Lei.”
    Por que Jesus TEVE que morrer? Porque na cruz? Quando Ele suou sangue Ele teve medo de morrer? Jesus nos manda perdoar incondicionalmente (70x7 por dia) por que Deus não fez o mesmo? Deus é ‘faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço’? Sabe como essas e outras muitas questões básicas da salvação se esclareceram pra mim? Lendo A Cruz de Cristo do teólogo John Stott. Agora estou apto a exercer o amor cristão esclarecendo mais profundamente o maravilhoso plano de salvação de Deus a alguém sedento que eu encontrar. Isso é teologia não é uma ciência mórbida e cinzenta, é conhecer e prosseguir em conhecer a Jesus.

    Existem pessoas que valorizam a teologia morta em detrimento do amor? Sim. Estão errados. Estudam o Livro do Amor e não amam.
    Existem pessoas que “amam” muito em detrimento de crescer em conhecimento teológico? Sim. Também estão errados. Vão abrir a boca e dela não vai sair nada profundo, só raso e olha lá... a chance de sair abobrinha é enorme.
    Estudo das Escrituras+Oração+Espírito Santo = VERDADEIRO Amor em ação.

    Muitos jovens são influenciados por vc e seus artigos. Incentive-os a estudar e praticar as Escrituras pra ter um amor bem guiado. Não desencoraje, caso contrário, a próxima geração será um desastre, e vc terá contribuído pra isso.

    Gostaria muito que vc me escrevesse dizendo que eu entendi errado o que vc quis dizer. Mas, porque eu amo vc, não posso arriscar deixar vc pensando assim. Se não quiser liberar o comentário, não precisa. Eu to falando pra vc mesmo, não pros outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Doni!
      Claro que eu entendi seu posicionamento e sinceramente, eu ouvi muito isso ontem.
      Acredito que, de fato, temos que estudar tudo.
      Se eu não conheço algum assunto, claro que tenho que pesquisar.
      Esse texto foi um desabafo mesmo, porque parece que tem gente que colocar sua teologia acima das pessoas.
      Claro que é importante estudar Teologia e de fato, se não houvesse alguém que se importasse com isso, ainda estaríamos na Idade Média.
      Eu só quero que as pessoas se importem menos com questões pequenas e se importem mais com as pessoas.
      Enfim, obrigada pelo seu comentário e pela sua opinião.
      Eu preciso ser confrontada, porque eu posso estar errada né?
      Abraços

      Excluir
    2. Que bom!
      Estamos aí pra isso, quando enxergar falhas ou possibilidades de falhas em mim, ficarei lisonjeado se vc me confrontar...

      Beijão
      =]

      Excluir
  3. Até entendi a intenção Patrícia. Realmente as vidas e ser como Jesus é o principal... Mas em termos de doutrina esta definição é muito importante. Mas acho que os dois lados puxam a sardinha cada um pro seu lado... Principalmente os calvinistas. Rs. Precisamos da iluminação do Espírito. Ele nos guiará à toda verdade e nos fará compreender as Escrituras de fato... Um abraço!

    ResponderExcluir

  4. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
  5. Creio que entendi o que quis de ser Pati, afinal vivo nessa guerrinha interior comigo mesma. Vejo que em alguma palavra ou outra faz dá um novo sentido ao texto - o qual não acho que seja o que você quis dizer. Entendi que tem coisas mais importantes do que ficarmos brigando por um detalhe - o qual de forma errada por nos fazer desviar do foco fácil, fácil.

    Espero que tenha entendido o meu comentário - em alguns tópicos ficou confuso KKKK.

    Beijos, O Espírito Santo continue te iluminando cada dia mais!

    ResponderExcluir

Arquivos

Siga!

Subscribe