Frases do livro "O Teorema Katherine"

quinta-feira, dezembro 05, 2013

Nesse final de semana, como contei aqui no blog, fui para Minas, para dar palestras em um evento só para meninas. 
Durante as longas horas de espera de conexões nos aeroportos, terminei de ler o meu terceiro livro do Johm Green - O Teorema Katherine. 
Outro livro que me ajudou muito a repensar sobre a minha vida, sobre o passado e o futuro, sobre o amor.
E para variar, eu sublinho as frases que eu mais gosto.
Eis aqui elas, nesse post gigantesco.

ps. spolier alert

Quero chorar, então devo estar chorando, mas é impossível dizer ao certo dentro d’água. E não estava. Estranhamente, estava deprimido demais para derramar lágrimas. Magoado demais. A sensação era de que Katherine havia roubado dele a parte que chorava.

Chorar é algo a mais: é você mais as lágrimas. 

A saudade o mantinha mais desperto que o café.

Ele gostava de todos os livros, porque adorava o simples ato de ler, a magia de transformar os rabiscos de uma página em palavras dentro da cabeça”.

As vezes você se sente como um círculo que perdeu um de seus pedaços? 

“Em todo lugar o homem culpa a natureza e o destino, embora seu destino seja nada mais que o eco de seu caráter e suas paixões, seus erros e suas fraquezas.” Demócrito

A ausência dela doeria mais do que qualquer fim de namoro. 

Colin não gostava que guardassem segredos dele.  Estar por fora de alguma coisa o irritava mais do que deveria, na verdade.

“O amor ama amar o amor.” James Joyce

Entendi – disse Colin, que foi o que ele aprendeu a falar quando não tinha nada a dizer.

Era algo que ele pensava que os escritores sempre faziam: escrever as coisas de um jeito diferente do que são na verdade. 

Mãos enrugadas passavam as páginas de um álbum repleto de memórias. 

Ele fica bastante sensível com esse papo de ser insuportável. 

Ela era o nexo de todas as conexões que o cérebro dele fazia – o eixo da roda. 

É possível amar muito alguém, ele pensou. Mas o tamanho do seu amor por uma pessoa nunca vai ser páreo para o tamanho da saudade que você vai sentir dela.

A leitura acalmou um pouco a sua mente.

É que algumas pessoas nesse mundo você só consegue amar e amar, não importa o que aconteça.

Você é como um raio de sol num dia nublado.

Cair na  estrada- isso é algo capaz de resolver um número surpreendente de problemas. 

É natural que as pessoas se importem umas com as outras. É bom quando alguém significa alguma coisa para você; é bom sentir falta de alguém quando ele vai embora. 

A sua importância é definida pelas coisas que são importantes para você. Seu valor é o mesmo das coisas que você valoriza. 

Não acho que nossos pedaços perdidos caibam mais dentro da gente depois que eles se perdem.

Talvez a vida não seja só completar alguns marcadores idiotas. 

- Ah, nada. Estou pensando alto.
- Essas são as pessoas de quem a gente gosta de verdade. As pessoas na frente de quem você pode pensar alto.
- As pessoas que estiveram em seus esconderijos.

O passado segue alguma lógica. O futuro, como ainda não é lembrança, não faz nenhum sentido.

As histórias não apenas façam com que tenhamos importância um para o outro – talvez elas sejam também o único passaporte para a importância infinita que ele vinha perseguindo há tanto tempo.

Ele pensou na distância que há entre o que lembramos e o que aconteceu, na distância entre o que prevemos e o que vai acontecer. E no espaço criado por essa distância, Colin pensou, havia espaço suficiente para se reinventar, espaço suficiente para se transformar em algo…, para refazer a sua história de um jeito melhor e diferente.

Havia espaço suficiente para ser qualquer pessoa – qualquer uma, exceto a que ele já fora, porque se tinha uma coisa que Colin tinha aprendido, era que não se pode impedir o futuro de acontecer. E pela primeira vez na vida, Colin sorriu pensando no futuro infinito que se descortinava à sua frente. 



Leia também:

14 Comentários

  1. Agora deu ainda mais vontade de ler *----*

    ResponderExcluir
  2. Pati, poste sobre o que o livro ajudou você a repensar...

    ResponderExcluir
  3. Por mais incrível que pareça destacamos as mesmas frases... *---*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Boa noite tem como vcs me mandarem as páginas do livro para eu poder grifar pf , obrigada 😙

      Excluir
  4. Por favor, pode me flr as páginas das frases que destacou respectivamente? por favooor, procuro como uma louca e não encontro na internet

    ResponderExcluir
  5. Faltou uma frase que gostei muito...

    " Colin pensou no mantra dos fracotes apatetados: paus e pedras podem quebrar meus ossos, mas palavras nunca vão me machucar. Que mentira deslavada!" O Teorema Katherine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não lembrava dessa, Aline! Obrigada! =)

      Excluir
  6. Mais que perfeito Teorema Katherine <3

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei dessa também:
    "E a moral da história é que não é a gente que lembra o que aconteceu. É o que a gente lembra que se transforma no que aconteceu."

    ResponderExcluir
  8. Aquele momento maravilhoso que você vai procurar frases de um livro que leu a anos e encontra o blog da escritora do livro que você terminou de ler ontem ><

    ResponderExcluir

Arquivos

Siga!

Subscribe