O Jesus do Natal

terça-feira, dezembro 20, 2011


O Natal é uma época linda. Vitrines enfeitadas, luzinhas nas casas, pinheiros.
Promoções nas lojas. Amigo secreto. Presentes embaixo da árvore de Natal.
As pessoas ficam mais amigáveis, mais alegres, mais felizes… dever ser o tal “espiríto natalino”.
Presépios. Maria, José, os animais, o anjo, o menino Jesus.


Menino Jesus?  Sabe o que me corta o coração nessa época? Ver que muitas pessoas tratam Jesus como esse menino, esse bebê deitado numa manjedoura e muitas vezes esquecem que o importante não é ter um menino Jesus em sua casa e sim, um Jesus Salvador em seu coração.
Me dói ver que as pessoas só se lembram de Jesus nessa época, porque comemoram o seu nascimento. E eu me pergunto, se as vezes eu não sou assim.
Ao contrário do que muitos pensam, Jesus não é mais um menino. O que muitos esquecem, é que esse mesmo “menino” morreu por elas (e por mim e por você), para que Ele não fosse mais lembrado como um menino, mas sim, para que Ele fosse lembrado como o Salvador, o Deus vivo que veio à Terra.
É fácil lembrar de Cristo só no Natal. É bonito dizer: o nascimento de Jesus.
Só lembrar de Jesus no natal. Quando Ele deveria estar vivo em nossos corações, dia após dia e não somente no Natal.
Outra coisa que me entristece é o tal “espírito natalino”. Que tal a gente pensar um pouco no Espírito Santo também?
Bom, creio que esse vídeo resume bem o que to tentando falar.





Com amor
Pati Geiger

Texto postado no blog Não Morda a Maçã
Em 21 de dezembro de 2010.

Leia também:

4 Comentários

  1. gostei mt.e concordo não suporto essa ideia das pessoas tratarem Jesus como ''menino''!o natal pra mim hoje é um dia normal,de confraternização...ñ decoro mais a minha casa pq tem mt idolatria por tras dos enfeites...

    bjs Deus continue te abençoando!

    Ana

    ResponderExcluir
  2. É Pati, concordo com você.. eu não sou o tipo de pessoa que NOSSA EU AMO O NATAL, pra mim natal é comum um feriado gerado pra fazer as pessoas gastarem, putz isso me deixa triste.. Por que o povo não comemora o Dia que nasceu pra Jesus, que o aceito o dia de sua morte para o mundo, isso ninguém nem lembra... Acho que existe datas mt mais importantes que essa !
    Beeijos amei seu Blog, estou seguindo.. dá uma passadinha no meu tbm se quizer !

    ResponderExcluir
  3. Belas palavras! Muito cômodo pensar em um jesus "teatral" do que em um Jesus verdadeiro e vivo em nossos corações, porque aí teríamos que seguir seus ensinamentos ao invés de apenas recitá-lo em uma poesia ou mostra-lo em uma ilustração.
    Que Jesus te abençoe! (o verdadeiro)

    ResponderExcluir
  4. Milton Sergio Fantinato fancebook3 de janeiro de 2012 20:23

    Fogos, luzes e muito brilho
    Entrou ano novo, estamos em 2012, foi-se 2011, houve a passagem, festas, comemorações, muita " alegria ", muitos desejos, planos, enfim.........Todos uníssonos uns aos outros Feliz ano novo, mas e hj dia 02 já no segundo dia, como podemos refletir, uma perpectiva de " felicidade " ??? será que dá para sermos realmente felizes diante de tantas desventuras, de povos passando fome, frio, sede, muitos em regimes políticos vergonhosamente fechados e outros com olhares espectativos, famintos por um pouquinho de amor e compaixão, sem sequer ter, mas ainda assim sorrindo, olhos profundos pela ausência, do básico do elementar, do seu próximo, semelhante, que por razões contextuais que foge nossa compreenssão não dividem não acolhem, a existencia de muitos anseiam por um socorro que outros não querem nem chegar perto, não existe piedade.
    Fico pensando que sociedade mundial é essa, como nós seres humanos podemos ser tão desumanos a ponto de se alegrar, brindar com finas bebidas, até mesmo com ouro em pó, que mimo, que vergonha deveríamos sentir, enquanto 100 pessoas se apresentam, com maravilhosa aparência e luxuria 10.000 ficam com olhos arregalados de tanto contrate vivendo uma espécie de adágio.
    E olha que tivemos um exemplo de uma nobreza de um homem que nos presentiou com sua presença santa e única, sem nenhuma beleza ou formosura, homem com aparência que ninguém pudesse ser atraído por sua (beleza externa), nascido em lugar junto aos animaizinhos, dando exemplo de uma simplicidade que jamais homem neste mundo fez ou fará, e digo mais que neste curral em que este homem nasceu quizéramos nós que tivéssemos o previlégio que estas criaturas tiveram de estar tão próximos, Oh Glória e Aleluia..............Este homem chama-se JESUS de Nazareth, quis nos ensinar tantas coisas, mas infelizmente nós que nos achamos alguma coisa o rejeitamos em detrimento a nossa própria estupidez, dureza de coração, tapinha nas costas uns dos outros, mas sem querer sequer ouvir um clamor e talvez um mísero carinho, um abraço que possa ser realmente verdadeiro, nós comemoramos na verdade nossas próprias ilusões e sem perceber nossos fatídicos corações vaidosos por um tempo que nos passa nas nossas vidas tão rápido e volátel que esquecemos de nos olharmos no espelho e contemplar estamos a cada dia envelhecendo e chegará o dia que não mais existiremos, nossa carcaça vai virar pó e nossa esperança em que estará sustentada após tudo isto ???? Vamos refletir, oh sim, façamos isto enquanto nos é concedido tempo. A propósito este homem simples, humilde que citei chamado JESUS é simplesmente O Criador de todas as coisas é o Rei dos Reis.

    ResponderExcluir

Arquivos

Siga!

Subscribe